terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Os Cães, Ola Nilsson


Os livros têm o dom de nos fazer sonhar. Este, tem o poder de nos fazer descer à terra.



"Quase todos choravam. Só um dos rapazes e um dos adultos não choravam, porque nunca haviam aprendido a fazê-lo diante de outras pessoas."

"Ela fecha os olhos e abana a cabeça. Por vezes, parece-lhe que se pode atirar pensamentos para fora do cabelo, como as agulhas de pinheiro e pedacinhos de casca que costumavam ficar presos ao seu cabelo (...)"

"Um adulto perto da decomposição."

"(...) o medo é pior do que o chumbo (...). É como levar uma surra. Não é pela dor que se chora, mas sim pela humilhação."

"(...) ter muitas posses é simplesmente um fardo."

"O som da tampa que salta da garrafa dissolve entra-lhe na cabeça e dissolve algumas das tensões dentro das têmporas (...)."

"A sua cara é suave e bonita, mas os seus ombros estão cheios de mágoa."

"Diz-se, pensa ele quando deixa o olhar descansar na estrada, que se deve gostar do seu destino."



Sem comentários: