terça-feira, 21 de janeiro de 2014

A verdade sobre o caso Harry Quebert, Joël Dicker - Pág.540-689


"A vida é uma questão de prioridades."

" (...) a força dos escritores, Marcus, reside em serem eles a decidir qual o fim do livro."

"Um novo livro, Marcus, é uma nova vida que começa."


Gostei muito deste livro.
Apesar de não ser um tratado literário.
Gostei, especialmente, do fluidez do discurso.
Simples, arejado, despretensioso.
E, ainda assim, capaz de nos prender.
Admiro a imaginação do autor.
As voltas que consegue dar à trama.
E às nossas cabeças!

ADOREI as comparações entre escrita e boxe!




Sem comentários: