terça-feira, 2 de abril de 2013

Cabeça de Ovo

Óscar e a Senhora Cor-de-Rosa, Eric-Emmanuel Schmitt

A agridoce história do Cabeça de Ovo, um garoto com cancro, cujos últimos dias são passados num hospital onde (nos) descobre Deus.



***

Chamamos-lhe Bacon porque é um nome  que lhe assenta melhor por ele ser um queimado de terceiro grau.

***

- E porque havia de escrever a Deus?
- Sentias-te menos só.
- Menos só com alguém que não existe?
- Fá-lo existir.

***

- Sim. Detesta-os com força. Isso vai ser um osso duro de roer. Quando o tiveres roído, vais ver que não valia a pena.

***

- O sofrimento físico é-nos infligido. O sofrimento moral escolhe-se.

***

A vida é um presente engraçado. Ao princípio, sobresmitamos este presente: acreditamos ter recebido a vida eterna. Mais tarde, subestimamo-lo, achamos que é uma porcaria, muito curta, ficamos quase tentados a deitá-la fora. Por fim, percebemos que não era um presente, era apenas um empréstimo. E então esforçamo-nos por merecê-la.



Sem comentários: