quinta-feira, 16 de junho de 2011

Quem disse que o chão não sorri?!


Hoje, o chão sorriu-me.
Às vezes pergunto-me se sou só eu que vejo expressões no caldo verde, nas rodelas de tomate e, agora, no chão...

Sem comentários: