quinta-feira, 10 de março de 2011

"Despida" de Solteira*

*alterado por sugestão providencial! :)

Detesto o trivial.
Fujo do óbvio.
Evito o espectável.
Não sou do contra, mas gosto de ser diferente.
De pensar out of the box.
De experimentar coisas novas.
De ousar trocar as voltas aos encadeamentos certinhos da vida.
Porque razão uma despedida de solteira tem de ter objetos fálicos?
E bebedeiras...?
E figuras tristes rua fora...?
E piscadelas de olhos a machos alfa...?
Porque razão não pode ser... um lanche?
Com suspiros e scones e biscoitos de noz e tissana de morango?
Porque razão não pode ser... uma sessão fotográfica de boudoir?
Com lingerie bonita e plumas e chapéus e peles e bolinhas de sabão?
Porque razão não pode ser... simplesmente inesquecível?
Com pessoas sóbrias e bonitas e lindas e fantásticas e fabulosas e amigas?
Amigas de coração.
Amigas genuínas.
Amigas capazes de fazer 700 km num dia só para estar presente.
Amigas capazes de deixar marido e filho só para estar presente.
Amigas capazes de trocar milhentas mensagens só para tudo bater certo, ao ínfimo detalhe.
Amigas capazes de confiar.
Amigas, ponto final.

Esta foi a melhor despedida de solteira de que reza a história!
Viva a noiva!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
E viva um senhor muito especial que, um dia, nos uniu a todas ;)









3 comentários:

Ana Sofia Santos disse...

tou assim de boca aberta e ahhhhhhhh
:)
sexy

R. disse...

Subscrevo! Adoro a originalidade e por isso adorei essa idéia. Não há pachorra para o cliché das despedidas de solteira.

beijinhos

fados do lar disse...

muito bom ;)***