sábado, 3 de outubro de 2009

Uma Tarde na Baixa-Chiado


Saudades.
Muitas saudades.
De um tempo?
De uma maneira de estar na vida?
De uma Lisboa que, entretanto, se transformou?
Ou, simlesmente, das pessoas que me costumavam acompanhar?
Saudades.
Seja do que for.
Ou de tudo junto.
Saudades de quem eu era.
E dos sonhos que me pareciam tão reais.
Saudades.
Tantas saudades.








Sem comentários: